• Cirurgia Refrativa em Curitiba - Dr. Osny Sedano

  • Rua Coronel Dulcídio 199 - 1° andar - Batel - Curitiba PR
  • (41) 3234-1000
  • contato@drosnysedano.com.br
    • 10 OCT 18
    • 0

    Qual a melhor técnica de cirurgia refrativa em curitiba: PRK, Lasik ou Femtolasik?

    Qual a melhor técnica: PRK, Lasik ou Femtolasik?

    A CIRURGIA REFRATIVA é o desejo de muitos pacientes que almejam depender menos de óculos e lentes de contato. Só quem depende desses acessórios sabe o quanto dificultam no dia-a-dia.

    Uma dúvida comum é sobre a técnica que será escolhida para o procedimento, se existe alguma eu melhor ou pior.

    Costumo explicar que não existe uma técnica melhor ou pior, mais sim aquela que atende melhor o paciente, e isso varia de pessoa para pessoa.

    Inicialmente a cirurgia refrativa utilizou a técnica PRK que seria a aplicação do laser diretamente sobre a córnea, visando remodelar sua estrutura e assim corrigir o grau do paciente, nesta técnica a percepção da melhora da visão é um pouco mais demorada e pode apresentar um pouco de desconforto nos primeiros 5 dias depois da cirurgia.

    Depois veio a técnica chamada de LASIK, que realiza um flap corneando, ou seja, uma fina camada da córnea é levantada com o uso de uma lamina especial, depois disso o excimer laser é aplicado e a camada levantada é reposicionada, o paciente percebe a melhora na visão com mais velocidade, porém, exige muita precisão do cirurgião ao realizar o procedimento, bem como maiores riscos de infecções.

    FEMTOLASIK: recentemente o laser femtosegundo foi adicionado à oftalmologia, nessa cirurgia não existe o corte do flap corneano, essa tarefa é feita com o laser femtosegundo que é muito mais preciso e seguro, após isso é aplicado o excimer laser, que irá corrigir o grau. O tempo de recuperação é mais rápido.

    Os três tipos de cirurgias tem seus prós e contras, mas via de regra vamos optar por aquela que atender melhor a condição clínica do paciente, um dos principais critérios é a espessura da córnea, se for uma córnea pouca espessa a técnica mais indicada é o PRK, se a córnea tiver uma espessura mais grossa podemos pensar nas técnicas LASIK ou FEMTOLASIK.

    Em todos os casos os resultados serão satisfatórios e dentro de uma previsibilidade segura para o paciente.

    Deixe um comentário →

Deixar um comentário

Cancelar