• Cirurgia Refrativa em Curitiba - Dr. Osny Sedano

  • Rua Coronel Dulcídio 199 - 1° andar - Batel - Curitiba PR
  • (41) 3234-1000
  • contato@drosnysedano.com.br
    • 29 JUN 21
    • 0

    Cirurgia Refrativa: o que é e como fazer?

    A cirurgia refrativa, é bastante conhecida pelo seus pais, tios ou avós como “cirurgia dos olhos” ou “cirurgia de miopia”. Ela é usualmente feita por pessoas que possuem algum problema de visão, apesar de ser bem famosa. Esses problemas podem incluir: hipermetropia, miopia e astigmatismo.

    Esse procedimento cirúrgico para os olhos é realizado para a correção de problemas de visão ou para não ter mais a necessidade de uso dos óculos. A cirurgia refrativa pode ser realizada de diversas maneiras, sendo as principais delas:

    • Lasik;
    • PRK;

    Saiba mais como funciona cada um desses procedimentos ao longo deste artigo.

    Entendendo melhor sobre Cirurgia Refrativa

    A Cirurgia Refrativa é feita a laser na curvatura da córnea, corrigindo os principais erros refrativos através do modelamento do seu formato. São eles:

    • Miopia- é a dificuldade de enxergar de longe;
    • Hipermetropia- é a dificuldade de enxergar de perto; e
    • Astigmatismo- é a dificuldade de enxergar de ambas as formas, de longe e de perto.

    Classificação de grau

    Existe uma escala de graus que uma pessoa pode ter para cada um desses problemas na visão:

    • Grau baixo- 0 a 3 graus;
    • Grau moderado- de 3 a 6 graus; e
    • Grau Alto- mais de 6 graus.

    Porém, se você está se perguntando “Como saber se meu grau é alto?”, então você vai esclarecer todas as suas dúvidas, entender como é feita essa classificação e quais fatores podem levar a essa consideração.

    Como foi falado no início deste artigo, há alguns critérios para ser feita a cirurgia refrativa. Mas antes de tomar essa decisão, é necessário que tudo deve ser orientado pelo Dr Osny Sedano em Curitiba de confiança.

    Não se oriente através de fontes não-confiáveis e não faça exames de vista de graça, porque a maior parte desse serviço tende a oferecer a famosa “venda casada”. Essa é uma prática proibida pelo PROCON e pelo Código de Defesa do Consumidor. Também, não oferece um teste 100% confiável em comparação a um realizado pelo médico especialista em visão em Curitiba.

    Recomendações para fazer o procedimento

    A Cirurgia Refrativa é indicada para:

    • Pessoas maiores de 21 anos;
    • Pessoas que desejam diminuir a dependência de óculos ou as lentes de contato;
    • Pessoas que já tenham o grau já estabilizado;
    • Pessoas que não possuem NENHUM tipo de doença nos olhos; e
    • Pessoas que possuem algum problema de refração (hipermetropia, miopia ou astigmatismo).

    Contudo, como qualquer Cirurgia, a Refrativa tem seus prós e contras.

    E realiza esse procedimento necessita, aceitar que existem riscos e efeitos colaterais que podem ocorrer. A cirurgia refrativa, por si só, não possui um histórico de haver perigo ou de haver riscos preocupantes.

    As principais decorrências relatadas foram o descolamento da camada da córnea que é alterada na cirurgia e o olho seco, porém esses efeitos possuem tratamento.  Outra questão de alerta, além desse, é que mesmo fazendo a cirurgia refrativa, talvez ainda seja necessário usar óculos ou lentes de contato para obter um melhor resultado e aproveitar melhor a sua visão.

    Dessa forma, para saber qual é o melhor tipo de procedimento recomendando para o seu caso e o seu grau, é essencial que você faça um acompanhamento de um oftalmologista em Curitiba.

    Por esse motivo, para identificar qual o melhor tipo procedimento recomendado para você e seu grau é importante o acompanhamento de um Oftalmologista.

    Cirurgias refrativas: Lasik, PRK e Lasek

    Há três tipos de procedimentos relacionados a cirurgia refrativa como a Lasik, a Lasek e a PRK. Saiba os detalhes da diferença entre cada um deles.

    Lasik

    É feito a aplicação de laser na camada mais interna da córnea, que altera o seu formato para tentar “consertar” a sua visão. Fundamentalmente, ela corta um pequeno pedaço da córnea para ajudar na correção.

    A Lasik é indicada para pessoas que tenham miopia de 4 a 9 graus, que vai depender da curvatura e da espessura da córnea. Se trata de um pós-operatório prático, onde não é necessário curativos ou pontos, somente de alguns medicamentos e de descansar.

    PRK

    A PRK ou Ceratectomia Fotorrefrativa é um dos procedimentos mais antigos. A PRK surgiu antes da Lasik, mesmo assim é utilizada em algumas situações, conforme a necessidade.

     A Ceratectomia Fotorrefrativa trata a miopia, o astigmatismo e a hipermetropia, e é bem semelhante a Lasik, mas ao contrário desta que corta um pedaço da córnea, a PRK faz a raspagem deste pedaço.

    Mas, se você realizar a PRK, você precisa se preparar para o pós-operatório. O paciente utiliza uma lente de contato terapêutica na superfície da córnea, que auxilia na cicatrização e alivia as dores e os desconfortos que são apresentados nos primeiros dias após a cirurgia.

    Lasek

    Mas ao contrário da Lasik ou da PRK, que é feito o corte ou a raspagem da cavidade da córnea, na Lasek o Dr Osny Sedano “cria” esse pedacinho da cavidade. O médico usa uma solução de álcool que faz com que o tecido se solte, ao mesmo tempo que o laser entra para remodelar a córnea.

    Porém o pós-operatório é semelhante ao da PRK: é usado as mesmas lentes de contato que são terapêuticas, os pacientes geralmente têm os mesmos desconfortos nos primeiros dias, e é necessário um repouso absoluto e que seja bloqueado a luz direta nos olhos.

    Deixe um comentário →

Deixar um comentário

Cancelar
Olá gostaria de Marcar um horário com o Dr. Osny Sedano